11 de novembro de 2010

DÉCIMO PASSO - PINTANDO EM CASA


Oi Divas!!!

A questão agora é como pintar os cabelos em casa. Vou tentar passar dicas tanto para quem já é super expert neste assunto, como para todas as iniciantes que querem sair apenas do desejo de pintarem os cabelos no salão. Então...




Antes de tudo:
1 - A primeira coisa que você deve fazer é escolher a cor que você deseja. Mas essa é a parte que merece mais cuidado. Melhor não fazer uma mudança radical sem a consulta de um profissional! Opte por uma tintura que seja até dois tons mais escuros ou mais claros do que a sua cor natural. E lembre-se: Aquelas fotinhas que estão na caixinha é apenas uma referência do resultado alcançado. O resultado será similar, mas não igual ao da foto! Vai depender das condições atuais do seu cabelo.”
O resultado final da coloração depende da cor natural do cabelo. Quanto mais claros forem os fios, mais intensas ficam as cores e mais parecidas com a tonalidade da caixinha. Já as madeixas castanhas, geralmente, vão ficar um ou dois tons mais escuros que a cor de referência.
Depois é muito importante escolher uma tonalidade que combine com o tom de sua pele.
Rosada: qualquer cor de cabelo cai bem, exceto o preto chapado que dá uma aparência envelhecida.
Amarelada: os loiros devem ser usados com moderação, os muito chapados podem deixar a pele pálida. Para clarear, a melhor opção é fazer mechas em tons de mel.
Morenas e negras: para as mais conservadoras, tons avermelhados, acobreados e café não têm erro. Para as ousadas, dá para arriscar os loiros. Para ficar mais natural, use tons mesclados.
Branquinhas: evite o acinzentado, pois envelhece.

2 – Muitas Divas são alérgicas aos produtos encontrados nas tinturas ou possuem os fios fracos demais, incapaz de receber qualquer química. Então, para você que nunca usou tinta nenhum em seus cabelos, faça o teste da mecha. "Prepare um pouco de tintura e passe em uma mecha atrás da nuca. Se não der nenhum problema, como coceira, irritação ou quebra dos fios, o produto poderá ser usado sem restrição." Para quem faz alisamento, tintura só após o cabeleireiro fazer uma avaliação criteriosa e um teste de mecha para ter certeza de que seus fios suportam a descoloração.

3 – Divas, a quantidade certa é um item muito importante. O excesso de tinta é desperdício, pois não vai modificar o efeito desejado, nem para melhor, nem para pior. Já a falta de tinta prejudica o procedimento. Então, Avalie o comprimento de seus cabelos. Os longos usam de duas a três caixinhas de tintura.

4 – Dois dias antes de colorir seus cabelos é recomendado fazer uma hidratação nos seus cabelos para maios proteção, o processo nutre as melenas dando força para que o cabelo receba a tinta diminuindo o desgaste que a química resulta. Mas não lave seus cabelos no mesmo dia que for colori-lo. O ideal é que o couro esteja oleoso para a gordura atuar como protetor natural. Porém, se o cabelo estiver muito sujo, pode prejudicar o resultado. Lembre-se de não esfregar o couro cabeludo.

5 – Ter os acessórios para coloração é essencial. Na caixinha já vem às luvas e o aplicador, mas também será preciso aqueles kits próprios para pinturas que vem: um pente para divisão dos cabelos, um pincel para melhor aplicação do produto, prendedores de cabelos, alguns vem com protetores de orelhas e uma capa de proteção a roupa.






6 – Agora você deve proteger a sua pele. A tintura pode escorrer e manchar a pele, principalmente se for escura. Você pode proteger a pele (ao redor da cabeça, testa, orelha e nuca) com vaselina, silicone ou creme de barbear. Em algumas caixinhas já vem um saquê com um creminho que irá proteger seu cabelo e que você pode passar nestas áreas para não manchar sua pele.

7 - Siga as instruções à risca. Cada fabricante traz na embalagem orientações que garantem o resultado de cor.


8 - Agora siga as dicas de passo a passo no vídeo de como aplicar a tinta em seu cabelo. “A falta de habilidade e orientação pode deixar os fios manchados e coloridos por desigual. Ao contrário do que a maioria das mulheres faz, o ideal é iniciar a pintura pelos fios perto da nuca. Por se tratar da região mais fria, o efeito demora para agir. Dessa forma, a raiz tem que ser a última a receber o produto.” Após a aplicação, massageio o cabelo delicadamente e com cuidado para não retirar o produto. Para evitar manchas, não prenda o cabelo, não faça coques, não penteie e não use toucas para não interferir na reação química. A tinta precisa de oxigênio e as áreas abafadas poderão manchar. Retoque: Se você for apenas fazer o retoque, cuidado para não ficar com a raiz clara e as pontas escuras. Como o comprimento do cabelo tem pigmentos da coloração anterior, comece a aplicação pelas raízes (virgens), espere o intervalo indicado na embalagem e só depois puxe a tinta para o resto dos fios, em direção às pontas. Então, espere o tempo da segunda pausa. A coloração fica em média de vinte a trinta minutos na raiz e de dez a quinze minutos nas pontas.

9 – Para os fios brancos: use colorações de dois a três tons mais claros do que a cor natural, já que as nuances mais claras ajudam a disfarçar o problema. Tons base como castanho escuro a loiro claro cobrem praticamente todos os cabelos brancos, sendo os mais recomendados para esses casos. Sendo mais recomendado o uso de tintura 1 vez por mês ou a cada 15 dias.

            “Se você já tentou aplicar inúmeras tonalidades e mesmo assim eles insistem em ficar evidentes, preste atenção na dica do cabeleireiro Cléber Pacheco: "antes de espalhar a tintura, umedeça um algodão com oxigenada 20 volumes e aplique levemente sobre os fios brancos para dilatar as cutículas. Esse procedimento fixa melhor a cor no cabelo, além de proporcionar uma melhor penetração do produto utilizado".

9 – "É preciso respeitar o tempo de espera encontrado na embalagem, já que o uso incorreto pode comprometer a cor desejada. Caso a pessoa fique menos tempo do que o recomendado, a fixação do produto pode ficar comprometida e ter uma durabilidade menor. Em tempo: o uso da tinta em um período superior pode manchar os fios com excesso de corantes".

10 – Retire o produto. Enxague bem o cabelo até que saia todo o produto. Não use xampu, use apenas o produto pós-coloração, que vem na caixinha, para firmar a cor.

“Se você achou claro, basta comprar uma nova coloração e escurecer. Mas se ficou escuro, o jeito é correr para o cabeleireiro.

Cuidados Pós-Coloração:
Use produtos específicos para cabelos tingidos e descoloridos e também um protetor solar. Evite água muito quente: o calor e o vapor abrem a cutícula e favorecem o desbotamento. E não deixe de fazer uma hidratação semanal. Cabelos danificados desbotam com muita facilidade por isso é muito importante deixá-los saudáveis.

2 Divinos Comentários:

Alinoca disse...

Oi, Líllian!
Adorei seu blog, não conhecia ainda...
As dicas para o cabelo eu achei de mais!
Andei ensaiando para pintar meu cabelo.
Meu namorado acabou pintando para mim! hehe
Mas ameiii as dicas!
Aparece lá no blog também...
Beijinhos e uma ótima quinta!

http://serumalady.blogspot.com

fernanda possatto disse...

OI!!
Noossa que maximo suas dicas p/ pintar o cabelo em casa!
to com problema sério muitos fios brancos, já to até meio deprimida com isso, não quero passar tinta todo mes, mas os fios brancos insistem em aparecer.
Fazer o que né?!
beijos

Postar um comentário

Oi Diva!
Queria mesmo só agradecer pelo carinho e atenção. Logo estarei lendo seu comentário e respondendo.
Beijinhos!